Página inicial

Posts recentes

Noturno

Ah marujo meu! O cheiro de cedro do teu barco invade as minhas narinas O balanço das ondas do teu mar embala meus sono, desperta meus sonhos… No convés do teu navio eu danço e celebro a vida E no fundo do teu oceano, sereias oníricas festejam o amor A lua, rainha, beija o solContinuar lendo “Noturno”

Sororidade

Estou cada vez mais convencida de que o feminismo acadêmico não me contempla. Ele é necessário, fundamental, só não me basta. Todo entendimento do mundo sobre sororidade, patriarcado, capitalismo, gênero e sexualidade, são nada se isso não tiver aplicabilidade prática. De nada adianta mencionar Chimamanda, Ângela Davis e Simone de Beauvoir, se você não entenderContinuar lendo “Sororidade”

Receba novos conteúdos na sua caixa de entrada.